icone_viagens As 7 maravilhas de natal

Não, esse não e um post saudosista cheio de lamentações por estar longe da minha cidade.

Na verdade, eu estou amando São Paulo e tudo que ela está me oferecendo. Mas dia desses me perguntaram o que Natal tinha de mais legal e, ao pensar para responder a pergunta, me veio a ideia desse post.

Em primeiro lugar pensei nas coisas mais óbvias – como beleza natural e a comida deliciosa –  mas depois pensei em iniciativas bacanas de pessoas da cidade, serviços, encantos… A ideia era fazer um Top 5, mas veio mais coisa boa e acabou virando um Top 7, ou “As 7 Maravilhas de Natal” :)

Nunca imaginei que iria colocar algum tipo de exercício físico em uma lista de coisas das quais gosto/sinto falta. Mas o Aerogym de Viviani Ginani merece estar aqui!

Passei a vida toda tentando – em vão – frequentar academia. Odiava musculação e todas aquelas aulas chatas. Até que um dia fiz uma aula com essa louca e adorei.

As aulas são divertidíssimas e super eficazes. Você faz aeróbico e muscular ao mesmo tempo e ainda morre de rir. Não sei bem explicar o que acontece. Mesmo sem gostar, você se pega depois de uns dias querendo colocar caneleira em casa e ficar fazendo coreografia feito uma doida.

A energia e a empolgação de Vivi são surpreendentes e acabam contagiando você. As aulas são super puxadas e você sente que tá fazendo efeito, vê seu corpo respondendo aos exercícios. Parece que a mulher sabe mesmo onde trabalhar pra você ir virando gostosa em algumas semanas de aula.

Pena que descobri o Aerogym já bem perto da minha mudança pra São Paulo e aproveitei pouco. Mas, se você mora em Natal e quer se exercitar sem a mesmice de uma cademia, vá para o Aerogym.

Agora Vivi está na rua Açu, num espaço novo que nem cheguei a conhecer. Mas a dica é: não importa o lugar, siga essa mulher e faça as aulas dela.

Uma lista de coisas boas de Natal não poderia estar completa sem uma bela praia, né?

E como muitos queridos aqui de São Paulo vão ver esse post como possíveis dicas de coisas a se conhecer na Cidade do Sol, incluí a praia de Galos na minha seleção.

Esqueça a óbvia Ponta Negra e a super exposta Pipa. Galos é um paraíso. Não é exatamente em Natal, mas é bem pertinho. Um lugar lindo, ainda pouco explorado, cheio de gente querida e hospitaleira.

A paisagem é incrível, o passeio de barco é uma delícia. Fiz um post falando tudo sobre o lugar. Como chegar, onde se hospedar, o que fazer… Tá tudo lá. 

É a minha praia preferida no RN e vai ser a sua também se você for lá.

Olha, eu rodo o mundo e não encontro um lugar como o Café Salão de Nalva Melo!

Em cada país, cada cidade, cada buraco que eu visito procuro um lugar assim e, sinceramente, nunca vi nem parecido.

É uma mistura de salão de beleza, galeria de arte, bar e café. Fica localizado num prédio histórico (o piso inclusive é o original), no bairro mais antigo da cidade e tem uma decoração retrô linda.

Sempre tem música boa tocando e é o único salão de beleza da cidade onde você corta o cabelo tomando uma cerveja bem gelada.

O lugar começou com um sonho da dona – a incrível Nalva Melo – que não queria só cortar cabelos, queria promover arte junto com a beleza. E hoje é o lugar mais descolado de Natal. Além disso, só pra completar, Nalva é uma bruxinha dos pinceis, arrasa muito na maquiagem e faz a melhor escova do mundo.

Se você não conhece, tá perdendo muito!

Ah, Natal e essas mulheres maravilhosas, empreendedoras da beleza!

Está na minha lista também o HairSize, um método que otimiza serviços e torna os salões de beleza sustentáveis. A técnica foi desenvolvida em Natal, por Fabiana Gondim, e está sendo aplicada em salões do Brasil inteiro.

Fabiana é uma figura incrível. Empreendedora, inteligente, criativa… Sou muito fã. O método que ela criou controla e reduz ao mínimo a quantidade de produto químico que é usada no salão. Isso gera economia para a empresa, reduz a quantidade de resíduo jogada fora e evita expor as clientes ao excesso de química.

Desde que passei a pintar o meu cabelo usando o Hair Size meu fio é outro! Já falei muito sobre o método aqui quando saí do ruivo para o loiro. Dê uma lida e se encante também

Tenho muito orgulho dessa minha amiga que está tornando os salões de beleza do Brasil sustentáveis. E fico muito feliz em ver que a iniciativa veio da minha cidade e que hoje o RN é referência no assunto!

E chegamos à melhor dica de Natal: o restaurante Camarões!

É simplesmente o melhor restaurante do mundo. Taí outra coisa que eu procuro em toda cidade que visito e nunca vi nada que chegasse nem perto.

Eu chego a um lugar, saio para conhecer o melhor da culinária local e quando faço a comparação é inevitável pensar “não ganha do Camarões”. E assim eu persigo um restaurante melhor no mundo e ainda não encontrei.

Existem restaurantes mais sofisticados, mais arrumados, mais caros e possivelmente que tenham até pratos mais gostosos (apesar de eu nunca ter achado). Mas a junção de fatores comida boa + atendimento maravilhoso + preço justo + prato que nunca demora a chegar, só vi no Camarões. Eles tem um modelo de negócio incrível, a comida chega mais rápido que um fast food e os garçons estão sempre mega felizes. Tenho a maior curiosidade de saber quanto ganha um garçom do Camarões, porque eles realmente parecem estar amando fazer aquele trabalho.

Meus amigos que vão a Natal como turistas facilmente elegem o Camarões como a melhor coisa da viagem. E depois ficam se lamentando na internet, saudosos da maravilhosa experiência gastronômica.

Então, fica a valiosa dica: Quando forem à Natal se joguem nessa maravilha de lugar.

O cardápio é todo delicioso, mas a foto do post é do meu preferido de lá: peixe com amêndoas e risoto de limão siciliano (!!!!)

Falando em comida, vamos falar nele, o bichinho que me faz querer pegar um avião pra Natal todo domingo: O caranguejo!

Sei que muita gente torce o nariz pra ele e não vê graça em “tanto trabalho para pouca carne”. Mas a pessoa que usa essa argumentação não sabe mesmo comer caranguejo.

É só para os iniciados na arte do quebra patas ;)

Gente, eu AMO caranguejo e era um dos meus programas de domingo preferidos. Aliás, é muito natalense sair com os amigos para comer caranguejo e tomar uma cervejinha no domingo.

Morro de saudade disso. Fico salivando só de olhar pra essa foto (que foi tirada em Pipa, no Caxangá)! Diz a lenda que tem caranguejo aqui na Peixaria na Vila Madela. Vou lá qualquer dia desses e – oremos – que seja verdade!

Se você é do time que curte caranguejo ou quer pelo menos experimentar, dá uma olhada nessa matéria que fiz para a Tribuna do Norte: Na Rota do Caranguejo.

E se vai a Natal turistar, faça como os natalenses e deguste um belo caranguejo no côco!

E finalmente chegamos ao fim da minha lista, com o lugar que está no topo das 7 maravilhas: O sítio de voinha ♥

Esse não é todo mundo que vai poder conhecer, mas se você for meu amigo eu posso pensar em te levar lá =P

É um lugar lindo, cheio de verde, de árvores carregadas de frutinhas, de flores e de fofurinhas cultivadas pela minha avó. Ela tem um amor gigante pelo lugar e adora receber gente lá.

É um cantinho colorido, cheio de paz e que eu aproveitava bem pouco quando estava em Natal. Mas hoje me dá uma saudade daquelas que marejam os óim.

É a maior maravilha da minha cidade, o cantinho lindo da minha avó mais linda ainda :)

—-❀—-

 

E vocês, que lugares incluiriam na lista de maravilhas natalenses?

 

Comentários

Comentários

14 thoughts on “As 7 maravilhas de natal

  1. Ai amei esse post! Concordo com todas as suas escolhas e queria ter a sorte de ter essa voinha hihihihihi

  2. ..Poxa!! abro aqui e vejo em seu blog o Café Salão como uma das sete maravilhas de Natal. É pra se orgulhar muito, pois pra quem visita o mundo como voce.. -Nossa ! Demais. E pra fechar o dia, fico sabendo que o secretario de cultura defende o salão como rota de cultura. -GOOOOOOOL!!

  3. Minha nossa, arrasou! Aerogym é demais!!!! Me senti humana naquela aula! rsrsrs Olha, faltou o sorvete de tapioca da Sorveteria Tropical! Huuummm, delícia! Ah, o de cajá-manga é incrível também!

      1. ;) Tomar café-da-manhã no Mercado da Redinha comendo ginga com tapioca também é muito Natal!

  4. Gladis, tomo a liberdade de comentar seu post porque não me contive de tanto prazer em ver como você se expressa de forma clara, sem exageros jornalísticos, e gostosamente natalense…
    Sou aluna de Viviani, carioca apaixonada pelo Rio de Janeiro, mas potiguar por opção. Alguns locais que apontou, ainda não conheço. Outros, concordo plenamente como sendo os melhores entre os melhores do mundo.
    Parabéns! Diria sem medo de errar, que você também poderia ser destacada como uma excelente jornalista, “produto” potiguar…
    Abs,
    Sandra Salu Carvalho

    1. Nossaaaaaa morri com esse comentário, Sandra! hahahahahaha Muito obrigada pela sua visita, espero você por aqui sempre comentando os posts =) Agora que descobriu, apareça mais vezes! bjs

  5. Oi, Gladis! Amei seu post e suas dicas. Só trocaria Galos por Baía Formosa, né, minha paixão. Mas vou te contar uma coisa sobre o Aerogym. Foi por causa da Viviani, que eu nem conheço, sequer entrei na sua academia, mas foi por causa dela que eu tive a ideia de fazer o blog Tanquinho 4.0 (www.tanquinho40.blogspot.com). Eu tinha acabado de me mudar para a av. Afonso Pena, bem próximo da rua Açu, no início de abril. Quando acordei após a primeira noite no apê, por volta das 6h, senti uma “vibração” no ar e pensei: tem uma academia aqui perto. Quando saí para deixar Alice na ED, passei pela Aerogym e tive a certeza. Daí pensei: agora vc não escapa mais, dona Eliade, não tem mais desculpas, vai ter que entrar numa academia. É que eu estava lembrando das mulheres de 40 anos que eu entrevistei uma vez para a Glam e quase todas faziam academia e eu sabia que a minha hora estava chegando. Aí, no mesmo instante, pensei em começar a relatar minha preparação para entrar bem aos 40. E surgiu imediatamente a ideia de escrever o blog, que há está no ar, embora eu ainda não tenha entrado na academia. Mas entrarei já já, porque quero conciliar com o ballet e a caminhada, atividades que se tornaram sagradas para mim. Grande bj, muié.

  6. Gladis, nem sei como descobri seu blog, alguem me mandou o link alguns meses atras e de vez em quando dou uma olhada porque achei divertidissimo e me ajuda a matar as saudades de Natal! No entanto, hoje eu tive que comentar porque eu AMOOOO caraguejoe me deu uma saudade enorme de Ntal!!!! Acabei lendo a reportagem da Tribuna do Norte e fiquei triste de saber o que esta acontecendo com os mangues. Lembro que quando eu era crianca meu pai quase todo domingo comprava caraguejo dos Pescadores que passavam vendendo os bichinhos amarrados numa vara em frente da nossa casa em Ponta Negra. Eh uma das minhas lembrancas favoritas de infancia! Saudosismo a parte, parabens pelo blog, por valorzar Natal e a cultura do Nordeste. Nao sou de Natal, mas morei la 13 anos e me considero natalense de coracao e fico feliz de ver os natalenses falando bem de Natal, o que nao eh muito comum! Um abraco e tudo de bom, Aline (Pauxis).

  7. amei seus comentarios sobre AS 7 MARAVILHAS DE NATAL.GOSTARIA DE SABER ONDE FICA
    O ENDEREÇO DDO SITIO DA VOINHA E PRAIA DO GALO.
    UM ABRAÇO
    OBRIGADA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>