icone_moda Diário do armário: Renata Matos

Estreando hoje um tipo de post que planejo fazer faz um tempão: Diário do Armário!

Vocês já prestaram atenção como as nossas peças preferidas (de roupa, decoração, livros, acessórios…) podem dizer muito sobre nós?

As escolhas de estilo estão intimamente ligadas à personalidade das pessoas e é incrível como os objetos passam a a ter “a cara do dono”.

Não falo de aqui de compras bobas, aquelas feitas por impulso. Mas sim aquelas coisas que você compra e nunca mais quer se separar delas. O sapato que tem usado todos os dias, a lembrança de uma viagem, um par de brincos que você demorou anos a encontrar e desde que comprou não tira mais das orelhas…

Também acho que acho cada pessoa tem seus “truques de stylist” particulares. E que conhecer o armário e as dicas que algumas mulheres pode ser de grande utilidade para outras.

Então é isso. Na série “Diário do Armário” eu vou invadir (com permissão das convidadas, é claro) o armário de algumas mulheres que admiro e que vão dividir suas escolhas e suas histórias com a gente aqui no blog.

Também quero deixar beeeeem claro que não procuro gente que tem o closet recheado de marcas e/ou tendênciammmms, tá? Quero mostrar quem faz compras legais e tem dicas interessantes, quem consegue expressar muito de sua personalidade através do vestir, quem tem uma relação bacana com as peças, sem necessariamente ser uma consumista sem noção.

Vamos lá? ♡

 

Minha primeira convidada é a arquiteta Renata Matos.
Foto: Ramón Vasconcelos

A primeira coisa que chama atenção em Renata é que ela é linda. Daquelas moças que são bonitas sem um pingo de esforço, com toda a dignidade da “beleza sem frescura”.

E se a gente prestar um pouco mais de atenção, vai perceber o quanto ela é também elegante e faz escolhas maravilhosas de estilo.

Quase sempre usa peças nude (em todas as suas variações de bege, marfim, areia…), preto branco e marinho. As cores são clássicas, mas o visual nem de loge é chato. Isso porque ela usa a base clássica para ousar em acessórios cheios de personalidade.

A influência do ofício de arquiteta também é clara no visual de Renata. Ela privilegia o design das peças e as formas diferentes, como os colares que trouxe de uma viagem à África do Sul e estão entre suas peças preferidas:

Outra coisa que é a cara de Renata são as sapatilhas de plástico da Capodarte. Elas tem um acabamento lindo, parece couro. Além disso, tem um revestimento por dentro recobrindo o plástico – o que não deixa a gente com aquela sensação nojentinha de pé suado dentro do sapato kkkkk.

Renata usa muito essas sapatilhas para visitar obras. Assim ela pode meter o pé na lama, no cimento, na areia… e depois limpar o sapato sem maiores problemas. Aprendeu depois de ter perdido belos sapatos visitando terrenos inóspitos.

Boa dica para as arquitetas!

Nossa convidada adora sapatos nude. E a espadrille da Renner é a escolha para quando quer usar salto.

O conforto da anabela é a solução para aguentar um doa inteiro no salto:

O Dockside da Richards é outro xodó:

Uma peça que tem grande carga emocional para Renata é essa bata comprada num brechó na Holanda, em 2001.

Ela disse que a bata já está bem velhinha, mas continua sendo usada e é daquelas roupas cheias de memória que a gente não consegue se desfazer delas =)

Outra visitinha a um brechó rendeu O ACHADO da vida de Renata: Uma boa Salvatore Ferragamo, a um preço inacreditável e que ela vai usar eternamente <3

Clássico dos clássicos!

Mais tons de nude no armário: O macacão Mara Mac que ela usa tanto que é quase “farda” e o anel Bagatelle que Renata não tira do dedo!

Para as viagens para lugares frios, a jaqueta da Le Lis Blanc tem espaço sempre garantido. É quentinha, linda e combina com tudo:

Claro que objetos de decoração também estão entre os preferidos de Renata.

O par de cinzeiros e o vaso foram comprados em um brechó em Olinda:

E uma peça daquelas valiosas que Renata vai deixar de herança pros netos: Uma luminária Dominici, original dos anos 60.

A Dominici chegou ao Brasil junto com o seu fundador, Enrico Dominici, fugindo da Segunda Guerra, nos anos 40. Desde então a marca faz parte da história do design brasileiro e as peças antigas são verdadeiras relíquias.

#AsArquitetaPira

Por último uma peça que me encantou pela história – e pelo preço.

Renata ia fazer umas fotos profissionais e queria algo colorido para dar um charme ao look que ia usar. Aachou esse suspensório numa lojinha do Alecrim por R$ 10,00!!!

E olha que lindo ficou nela…

Achei uma sacada de estilo sensacional. Só com um senso estético apuradíssimo para ter uma ideia assim.

Realmente admiro quem tem isso e adorei fazer essa matéria com Renata =)

Vou tentar postar pelo menos uma vez por mês o Diário do Armário com um convidado novo. Se vocês gostarem, vou diminuindo o espaço ente um post e outro, ok?

 

Comentários

Comentários

18 thoughts on “Diário do armário: Renata Matos

  1. Otima ideia! Enfim algo diferente nesse mundo de mesmice que são os blogs de moda atualmente. Quero diário do armário semanal!

  2. Lindo armário e belas peças!
    A sapatilha Capodarte que aparece na foto, no entanto, é confeccionada em couro com efeito matelassê. ;)

        1. Morena, eu vi a sapatilha, peguei, fotografei. E no post falo isso. Que a Renata usa as sapatilhas justamente porque são plástico e parecem couro. A Capodarte tem vários modelos de couro com acabamento parecido com esse. Mas tambemquero vários de plástico nesse mesmo estilo. Repito: eu estava com a sapatilha nas mãos e fotografei. E ela é de plástico. Desculpa a insistência, mas achinada você não leu o post, vi so as fotos :)

          1. Eu li o post sim! E acredito em você, me desculpe qualquer incômodo, nem de longe foi minha intenção, viu? ;)

          2. Não tem problema, Morena! So quis explicar direitinho porque o diferencial da sapatilha é justamente o plástico pra usar na lama, no cimento, etc como sugeriu Renata. Mas fique sempre à vontade pra comentar! Bjs

  3. AMEEEEEEEEEEEEEEEI! Sou super fã do estilo de Renata! Ela é linda em todos os sentidos e o bom gosto chegou ali e ficou, viu? Perfeita escolha para a estreia dessa tag que achei simplesmente sensacional!! Afinal, o que são roupas e acessórios sem pessoas reais usando? Amei, parabéns, Gladis! Vai pro meu Insta agora! kkkkkkkkkkkk! Beijos!

  4. Excelente este post. A abordagem foi ótima, quantidade de fotos na medida certa. É como disseram acima, um monte de look do dia, que nem feitos durante o dia real da pessoa são, já deu.muY

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>