icone_cabelo_cacheado E quando a coloração dá errado?

Esse é um daqueles momentos em que tá tudo uma merda mas você pensa “eu ainda vou rir disso um dia” :P

Muita gente (mas MUITA gente mesmo) me pergunta sobre as minhas mechas. Quantos tons de coloração eu uso para ter esse efeito, como faço para ficarem tão naturais, como chego a esse resultado, etc.

Eu uso mechas no cabelo há quase 3 anos, desde que saí do ruivo para chegar a essa cor -  que acho a mais prática do universo. Retoco as mechas – em média – a cada seis meses. Mas já passei quase um ano sem retoque e o cabelo não ficou feio. Ficou um ombrè lindo, por sinal. Por isso acho as mechas tão práticas e de fácil manutenção.

Sempre faço com a mesma pessoa, que é o único profissional em quem confio para ter esse resultado que eu amo. Ele consegue esse efeito que eu gosto fazendo mechas de várias espessuras diferentes e esfumando a raiz. Assim fica bem natural e com cara de que foi clareando aos poucos, com as minhas idas à praia (#sóquenão já que eu tenho maior preguiça de praia kkk).

Mas, por um desses acasos da vida, dessa vez não funcionou. Ele abriu MUITAS mechas e o meu cabelo ficou quase que completamente platinado. MUITO loiro mesmo. Quando eu cheguei em casa, com o cabelo escovado, percebi que aquilo não ia prestar cacheado. Ficou tudo muito loiro/branco e não ia dar esse efeito de claro/escuro das mechas, que fazem o cabelo parecer mais volumoso e eu acho lindo.

Para vocês entenderem melhor, eu queria o cabelo assim:

cabelo cacheado com mechas

Essa é uma foto do ano passado, quando eu fiz a mechas que mais amei! Tinha muito loiro, mas ainda assim tinha uma parte considerável de cabelo virgem e, no geral, não ficou tudo tão ressecado como ficou agora.

Voltando à história… O cabelo ficou super loiro platinado e eu voltei lá no dia seguinte para arrumar. Então ele fez o processo inverso: puxou umas mechas escuras, para dar o contraste que eu queria.

O problema é que, claro, essas mechas escuras nunca iriam ficar da cor natural do meu cabelo. Elas ficaram um marrom meio avermelhado, que me lembra muito o período em que eu tentava me livrar do ruivo.

Outra coisa péssima foi que, como grande parte do cabelo foi descolorida, os cachos sumiram. Fiz uma reconstrução e duas hidratações desde o dia que pintei (há 4 dias, tô hidratando todo dia kkk), deu uma melhorada no aspecto geral e eu tomei coragem de fotografar e mostrar pra vocês …

a

b

c

d

Da última quinta-feira pra cá eu já chorei, já pensei em mandar carta pedindo ajuda pro luciano huck, já ouvi as pessoas olharem pra mim e comentarem “nossa, ficou bastante loiro né?”, já ouvi meu namorado tentar me consolar 78595030 vezes dizendo que está lindo, já vi minha avó – que sempre me acha linda – olhar pro meu cabelo com cara “WTF?”, já corri atrás de cremes pra hidratação, já virei a internet do avesso lendo sobre cronograma capilar, já pensei em pitar todo de castanho e começar do zero e – olha o desespero! – já pensei em jogar um vermelho aí por cima (mas já tirei essa ideia de jerico da cabeça).

O fato é que ele deu uma melhorada com as duas hidratações da Joico e com a reconstrução da L’Oreal. A sorte é que eu tenho produtos bons em casa e peguei também uns emprestados com a minha irmã.

Quanto à cor, eu já desencanei. Não gosto desses reflexos avermelhados, mas fazer o quê… Vamos acostumar e curtir o novo look. É chato ter gasto grana num cabelo que eu esperava uma coisa e ficou outra. Mas fazer o quê? O jeito é se acostumar com a nova cor e corrigir nas próximas, quando o cabelo crescer um pouco e estiver mais forte.

Mas o que está me incomodando muito é esse aspecto ressecado e espigado, por causa do tanto de cabelo que foi descolorido. Uma coisa meio Shakira, que fica muito lindo numa pop star. Uma coisa meio boho-sou-hippie-descolada-tô-nem-aí-pra-hidratação. Isso funciona na Shaki, na Beyoncé, nas divas que ficam lindas com cabelo detonado. Mas em mim, simples mortal, só me deixa com cara de cafuçu.

Eu até tinha feito um vídeo do processo das mechas, mas acho que nem vou postar. Tem uma explicação bem bacana do meu cabeleireiro falando como fazer para ter o efeito que eu gosto, mas quando ele tira os papelotes está tudo tão branco que nem rola usar essas imagens. Eu continuo amando o trabalho dele, claro, mas não foi um dia bom e acho que não rola usar essas imagens para ilustrar o estilo de mechas que eu curto. Vou ficar devendo esse vídeo e, quem sabe, consigo fazer de novo daqui a algum tempo.

Agora vão pintar muitos posts por aqui sobre como recuperar o cabelo pós-química. Eu sempre achei muito fácil lidar com meu cabelo, fazia de tudo nele e nem tratava. Esse erro de coloração agora me deu uma sacudida. Acho que é o universo dizendo “fia, você não é a Beyoncé. Nunca entre num salão achando que a partida está ganha, seja humilde, vá devagar , por mais fácil que seja o seu picumã, merdas acontecem” :P

É isso, gente. Agora preciso parar de escrever porque vou ali fazer mais uma reconstrução. A gente se vê em 2015, bombando com o cronograma capilar \o/

Beijos!

Comentários

Comentários

21 thoughts on “E quando a coloração dá errado?

  1. Nossa, Gladis!
    Será que você não está sendo um pouco dura com a situação?
    Achei super lindo e poderoso!
    Cabeleira de diva, bem top!
    Beijos

  2. Gladis, flor, posso ser muito sincera? Achei a cor dessas novas mechas muito mais linda! Juro juradinho!
    Antes tava parecia mais acinzentado, tipo luzes mesmo. Mas agora ficou com um toque mais dourado, as mechas ficaram menos marcadas e eu achei o degradê lindíssimo!
    Ficou com uma pegada mais praia e até mais natural.
    Tudo bem que só vi por foto, mas já virou minha inspiração porque a próxima cor de cabelo que quero testar é voltar pra esse loiro bem mesclado e mais dourado.
    Como já tô me sentindo bff, deixa só eu te contar: eu tive o cabelo cacheado com luzes californianas por muito tempo, há dois anos decidi cortar pixie, escurecer e alisar! Poizé, bem radical, mas adorei a mudança.
    Só que como boa cacheada que sou não aguentei de saudades dos meus cachinhos, cortei toda parte com química para retomá-los. Mas logo quis mudar de novo e três meses atrás entrei pro time das acobreadas!
    Mas aí é que tá, pra ficar ruiva tive que descolorir toodo o cabelo e passei por essa fase de desespero também. A cor que eu queria não pegou de primeira, meu cabelo ficou uma palha e não fazia um cacho sequer!
    Só com muita paciência, amor, carinho e muitas máscaras pra meu cabelo recuperar a saúde!
    Olha, uma máscara que fez milagre no meu cabelo fino e detonado foi a Repair Rescue, da Schwarzkopf. Ela é bem potente, feita pra levantar defunto mesmo! Encorpou o fio, como se “engordasse” meu cabelo, que tinha ficado desnutrido…
    Outra coisa que ajudou muito foi usar acidulantes pra selar o fio e fechar as escamas com toda hidratação, nutrição e reconstrução lá dentro!
    Sei que quando o desespero bate é difícil fazer as pazes com o cabelo, principalmente com a cor não esperada, mas dá uma chance! Digo isso porque já estive com a cor que eu sonhava mas achava horrível, afinal a porosidade e pontas quebradas deixaram minha cor opaca, sem viço e meio apagada.
    Cuida do seu cabelo e, depois, com calma, analisa com ele mais recuperado que cor que vai querer.
    Espero ter ajudado nem que tenha sido um pouquinho,
    Um abraço, lindona! Muitos cachos pra você nesse 2015! :D

    1. Jully, muito obrigada pela opinião e pelas suas palavras. Fico feliz em saber que muita gente achou bonito, mas (como você falou, acho que porque criei uma expectativa diferente) pra mim está super difícil acostumar. Acho que o fato do cabelo ter ficado “palhinha” está me impedindo de curtir a cor. Eu to fazendo mil hidratações e nutrições e recostruções e , olha, já melhorou bastante. Estou usando uma máscara da Joico que estou amando! Vou procurar essa repair rescue que você sugeriu, já tinham me falado e eu estava de olho nela. Vamos ver como vai ser quando o cabelo estiver recuperado, espero que eu me apaixone pela nova cor =) bjo grande e um 2015 muito feliz pra você!!!

  3. O único produto que vi resultado na primeira lavada, foi da marca tigi bed head ( resurrection) é do frasco vermelho. Olha que meu cabelo é bem mais descolado que o seu e recupera super rápido. Você não vai se arrepender, experimenta!

  4. Oi Gladis,

    Qual o corte do seu cabelo?? O meu cabelo parece com o seu mas, como o corte está reto e em U, forma anéis nas pontas e a raiz fica murcha e indefinida :(

    PS: seu cabelo pode não estar do jeito que você queria, mas está lindo!!!! :) meu sonho rsrsrs

    bjsss

  5. Acabei de descobrir seu blog e já está na minha lista de favoritos! Me identifiquei demais com seu tipo de cabelo, porém o meu é bem mais descolorido que o seu. Meu cabelo natural é liso na raiz, ondulado nas pontas. com a descoloração ele forma “cachos” na parte das mechas. Cachos entre aspas porque nunca consegui arrumá-los direito. Meu fio é fino, amo volume e os produtos para cachear deixam o cabelo melecado. (já testei vários!! Vou comprar o natura plant q vc recomendou em outro post, já usei uma vez e gostei, mas na época era outra embalagem, quando mudou não comprei mais. =/)
    Sobre seu cabelo… está lindo! É costume mesmo. Se quiser uma dica de uma loira expert em fazer merdas, mesmo que vc saia do salão odiando o cabelo, espera pelo menos 1 semana antes de fazer qualquer outra coisa, usa o tempo para recuperar o fio e se acostumar com o visual novo. Depois disso vc faz outra química se for caso(as mechas inversas, vão desbotar e ficar em tom diferente da sua raiz.)
    Vou procurar o video em que você ensina a arrumar o cabelo, porque só sei usar cacheado com a frente presa para trás. A frente do meu cabelo não arma.. como a raiz é meio lisa fica estranho.. sei lá. Que luta!
    Me tira uma dúvida, o corte em camada faz mesmo tanta diferença assim para o cacho? Meu cabelo é fino e tenho pouco cabelo, então deixei crescer mais inteiro.. sem camadas. Sinto o cabelo mais consistente. Mas não tô conseguindo usar cacheado desde então. (Fico com cara de cafuçu..kkkkkkkkkkk)

    bjs

  6. Me desculpe, mas foi muito exagero da sua parte. Não vi nada de errado aí, claro que não ficou do jeito que você queria, mas também não ficou uma “cagada” como você disse. Mas gosto é gosto, enfim…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>