Tag Archives: dicas

A moda ladylike da Afer

 

É oficial, gente! Achei uma loja que é a minha cara em São Paulo  ♥

Imagine um lugar que tem todos aqueles modelos que eu amo: saias godê, vestidos de cintura marcada, cigarretes coloridas, muitas bolinhas, estampas florais, listras… Esse paraíso existe e, não só isso, é na rua da minha casa! Hahahahaha

Vamos saber um pouco da história da loja (e dar umas boas risadas com o meu gif , agregando valor ao post :D )

A Afer foi pensada e criada pela estilista Andrea Ferreira, que – olha só – morou muitos anos em Natal!  [Coincidências existem? :) ]

Daí ela mudou pra São Paulo e, 26 anos atrás, criou a Afer. O estilo da marca é bem ladylike, com aquela modelagem delícia que deixa  a gente com cintura fininha e carinha de Mad Men. Peças clássicas – mas nem um pouco caretas – que você compra com a certeza de que vai usar pra sempre.

Pra vocês terem uma ideia, tem modelos de vestidos que eles fazem há 25 anos, só mudando cores e estampas, e continuam super atuais. Veja aqui alguns exemplos dos modelos, que levam nomes de divas como Maria Callas e Brigitte Bardot.

Outra coisa que eu amo na Afer é que eles têm ateliê próprio e produzem tudo o que vendem. Eu fico P da vida de pagar R$ 100,00 numa peça que foi produzida na China por centavos de dólar, sabe?

Cada vez mais tenho procurado comprar coisas que sei de onde vêm e como são produzidas. E acho muito mais valioso pagar por um produto assim.

Tanta coisa linda e pertinho da minha casa, mas só fui descobrir a loja depois de sete meses de São Paulo, graças a uma amiga que me falou que o lugar era a minha cara (obrigada, Paty! :D )

Fotografei rapidinho algumas peças no último fim de semana, mas é tanta coisa legal que renderia post pra um ano!

Semana passada a Afer fez um bazar e eu arrematei esse vestido floral marvijoso.

Estou louca pra usar!

Se você também gosta desse estilo com um arzinho vintage, vai amar a Afer!

Tem duas lojas em São Paulo –  uma em Pinheiros e outra em Moema. Seguem os endereços:

 

Rua Artur de Azevedo, 1199
tel. 11 3628 2971

 

Alameda dos Anapurus, 1247
tel. 11 5052 3405

 

E quem quiser acompanhar as novidades, bazares, promoções e ver mais modelos lindos, pode dar uma olhada no site e curtir a página da loja no Facebook .

 

 

O verão colorido da Clarim (Parte 2)

Esse primeiro post com coleção de verão da Clarim fez tanto sucesso, que separei mais looks para um segundo post.

É bom lembrar que os looks que posto aqui são totalmente baseados no meus gosto pessoal (por isso tanto vestido e um mini escândalo cada vez que aparece um macacão). Mas nas lojas da Clarim tem uma variedade bem grande de estilos, que não tem como não agradar a todo mundo!

Uma das coisas mais legais da loja é isso.  Eu posso ir lá com duas amigas, cada uma de nós 3 com um estilo completamente diferente da outra, e todo mundo sai de lá feliz  e coma  sacolinha cheia :D

Vamos aos looks que escolhi essa semana?

Curtiu? Passa em uma das lojas Clarim e faz a festa!

Clarim Cidade Jardim:
Av. Gustavo Guedes, 1937, Cid. Jardim.
Fone:3343-3595
Clarim Salgado Filho:
Av. Sen. Salgado Filho, 1653, Lagoa Nova.
Fone:3302-6024

O verão colorido da Clarim

 

Gente, é uma diversidade tão grande de coisas lindas que chegaram na Clarim, que eu fiquei louca pra adiantar minha passagem e viajar NOW pra ver tudo de pertinho :)

Para quem não sbae, a Clarim é uma loja de roupas em Natal, que é parceira do blog há um tempão. É um lugar que eu gosto muito, pois sempre tem novidades (as meninas são rápidas na renovação de estoque!) e o preço é muito bom!

Eu vou ter que esperar o próximo mês para visitar aloja de novo, mas as meninas que moram em Natal já podem ir lá e começar a montar aquele guarda-roupas gostoso de verão. Com vestido longo, macaquinho, shortinhos…

Vem ver o que eu mais gostei nessa primeira parte da nova coleção!

Tudo lindo, né?

E tem muuuuuuito mais coisas legais nas duas lojas!

É só escolher a Clarim mais perto de você: Cidade Jardim  (3343-3595) ou Lagoa Nova (3302-6024)

;)

Casa Aberta, um blog de decoração diferente – e muito legal!

 

Sabe quando você compra um monte de revista de decoração e passa horas em sites vendo casas maravilhosas, em busca de inspiração para transformar  a sua?

Eu vivo fazendo isso, ainda mais depois que mudei pra SP e estou decorando meu cantinho aqui do zero (a única coisa que tinha aqui era um guarda-roupas, o resto foi tudo by Vivane Decorações :P )

É super legal ficar vendo fotos de casas incríveis nesses sites e revistas, mas, ao mesmo tempo, bate aquela deprê quando a gente vê os preços das coisas e o quanto é impossível manter uma casa com cara de “doce lar de revista” quando alguém de fato mora nela e cozinha, lava roupa, recebe amigos, tem cachorro, um monte de livro e objetos com vida própria que caminham para fora dos armários.

O fato é que as casas de revista são milimetricamente arrumadas, lindas e cheias de objetos que custam mais que nossos rins no mercado negro. E aí rola aquela expectativa x realidade e a gente acaba não conseguindo se inspirar de verdade nessas lugares.

Mas, eis que no maravilhoso mundo da internet alguém teve a ideia de fotografar casas de pessoas “de verdade”, cheias de objetos e situações “da vida real”.

O site Casa Aberta traz fotografia lindas das casas das pessoas. Os mais variados estilos – algumas bem arrumadonas, até com cara de revista, outras super simples mas inexplicavelmente lindas. Todas com um tiquinho (ou um tantão) das personalidades dos donos.

As fotos das casas são precedidas das fotos dos donos e é super legal ver como os ambientes têm muito das pessoas que o constroem.

Dá pra tirar várias ideias bacanas e copiar como uma cabeceira de post-it, garrafas antigas que ganham novo uso, um jeito diferente de pintar a parede…

Enfim, o site vale muito a visita. Os donos das casas também escolhem uma playlist para publicar junto com as fotos. Tudo muito maravijoso.

Estou simplesmente viciada nesse site e muito mais empolgada para terminar a decoração do meu quarto/home office :)

Ficou curioso? Vê aí algumas “casas abertas” que eu mais gostei…

Fabiana Henrique e Fabrício Rodrigues. Jornalistas, moram em Florianópolis.

 

Danilo Guerra, mora em Belo Horizonte.

 

Mayara Leão, designer de acessórios. Mora em Belo Horizonte.

 

Andreia e Lana.Ela designer, ele jornalista. Moram em SP.

 

Lucas Avila, Jornalista. Mora em Belo Horizonte.

Para ver tudo vai la no http://www.casaaberta.net/

;)

Novidades lindas na Clarim!

Já bateu em vocês aquela vontadezinha de comprar coisas com cara de primavera/verão?

Com o frio indo embora de São Paulo (grazadeus) eu estou desejando muito umas coisinhas novas para alegrar meu guarda-roupas. Vestidinho, macacão, vestido longo, estampas… minha listinha só cresce!

Aí aproveitei o fim de semana em Natal para escolher as primeiras peças do meu guarda-roupas de calor lá na Clarim :)

Amei muito o primeiro vestido! No melhor estilo ladylike, ele tem a cintura bem marcada e sainha armada do jeito que eu gosto <3

Também apaixonei no macacão e nas bijous. Tem muita coisa linda na loja. Vem ver!

Eu e meu amor eterno por macacão! Acho que vocês não aguentam mais ver macacão por aqui, né? :P

Na verdade, estou apaixonada por todas as peças que fotografamos. Só voltei atrás na escolha do tomara que caia, porque apesar de achar lindo nas outras pessoas, acho péssimo em mim. É muito peito pra pouca superfície de tecido hahahaha

Ah, quando forem à loja é bom dar uma atenção especial às bijous. Tem brincos INCRÍVEIS por R$ 19,00 e outras coisas lindas e super baratinhas! #FikDik

Lembrando que as peças novas chegaram às duas lojas da ClarimCidade Jardim e Salgado Filho.

Para acompanhar todas as novidades das lojas é só dar uma curtida na página da Clarim no Facebook, que todo dia tem novidade por lá.

E aguardem mais looks lindos no próximo post do blog ;)

 

Fim de semana em Natal =)

Enquanto o meu vídeo sobre o fim de semana em Natal fica pronto, vou postando algumas fotos pra vocês sentirem um pouquinho de como é maravijosa a minha cidade e como foram legais esses dias por lá.

A praia de Ponta Negra, super maltratada, sem estrutura, o calçadão destruído, mas a beleza natural ainda resiste…

Café da manhã na minha casa, feito por mãinha. Com canjica, cuscuz e tapioca. O melhor do mundo! ♡

Uma passadinha em Tibal do Sul, no Pipa Privilege. O hotel tem uma área de lazer bem gostosa, com uma piscina em cima da falésia. Comi uma paella deliciosa e lá fazem as melhores caipirinhas de uva verde!

O visual lá de cima da falésia …

Um dia inteiro com vento, sal e cloro da piscina no cabelo. Chegar em casa e morrer de preguiça de desembaraçar os cachos kkkk

Uma passadinha em Pipa para comprar as melhores balas de côco do universo!

Tomar uma cerveja no Café Salão, o espaço mais incrível da cidade, o salão de beleza/bar mais lindo do mundo!

Uma micareta gastronômica! Começando com o maravijoso camarão empanada do Bar do Suvaco!

O camarão crocante com risoto de brie do restaurante Camarões. A coisa mais deliciosa que você vai provar na sua vida. Vai por mim! Não deixe que sua existência neste mundo chegue ao fim sem ter provado ao menos uma vez esse prato…

E se você gosta de comida regional (eu amo!), delicinhas com sabor de nordeste, não pode deixar de fazer um pratinho com carne de sol, macaxeira, feijão verde, pirão de queijo e farofa d’água.

Você pode pagar muito por isso nos restaurantes de comida típica arrumadinhos e cheios de turista, mas pode ir ali no U 1000 D Tião (sim, o lugar se chama Humilde Tião e se escreve assim kkkkkk) e comer tudo isso por R$ 12,00 :D

Mas só vá se você é do tipo “livre de frescura” e curte mesa de plástico na calçada e buteco. Eu amo ♡

Só gente fina, elegante (nem todos) e sincera que morre de saudade de mim :D

 

Just amazing ♡

4 cacheadas lindas contam como cuidam dos cabelos

Quem me segue no Instagram viu que desde semana passada eu venho testando coisas novas para cabelos cacheados.

Dia sim e outro também eu posto alguma dica de creme, xampú ou qualquer produtinho que faz bem para os meus cachos (se você é uma cacheada curiosa como eu, me segue lá pra ver o que ando usando. O perfil no Insta é @gladisvivane).

Minha história com o cabelo cacheado é bem parecida com a de (quase) todo mundo: demorei a curtir e aceitar, mas depois que aprendi a cuidar deles amo meus cachinhos. Também gosto de variar o look e de vez em quando me entrego à escova por uns dias. Mas adoro cuidar dos cachos e sigo procurando os melhores produtos e o melhor jeito de arrumá-los.

Sempre falo muito dos meus cabelos por aqui, mas nem todos os cachos são parecidos com os meus, então resolvi chamar quatro meninas cacheadas, com tipos de cachos e de fios totalmente diferentes, para falar aqui sobre os cuidados que elas têm com os cabelos.

São cabelos lindos, que eu sempre admirei e tive vontade de perguntar “ei, o que você usa? Como você cuida?”. Então perguntei e vou dividir as respostas com vocês!

Fiz 4 perguntas para cada uma delas e as respostas vocês acompanham agora. O post é longo, mas dividir experiências é sempre bom, então a leitura tá super gostosa. Cola aí!

Rayssa Melo tem aquele cabelo liiiiindo, que chama atenção. Impossível não ficar olhando para os cachos perfeitinhos dela. Assim que a conheci lembro de ficar me perguntando se ela fazia aquela maravilha com babyliss kkkk. Acho que o tipo de fio dela é bem parecido com o meu, bem fininho. Ela quase sempre está de cahinhos, mas quando faz escova o cabelo também fica incrível (sortuda versátil!). Vamos saber mais sobre o cabelón dela?

1 – Sempre usou o cabelo cacheado ou demorou para fazer as pazes com ele? Como foi esse processo?

Sempre usei e amo os cachos. Acho que eles “enfeitam” mais o rosto e dão um ar de descontração que eu adoro! Tanto uso, que sem os cachos tenho a sensação de ser “menos eu”. Rs…

2-      Que produtos costuma usar?

No dia a dia, uso produtos simples, dos comprados em supermercado mesmo. Shampoo, condicionador e creme para pentear (leave in) da Pantene. Uma vez a cada 15 dias, uso uma máscara hidratante também da Pantene. E só. De vez em quando, no salão, faço massagens com produtos especiais, mas só de vez em quando.

3-      Que cuidados especiais você tem com os cachos? Lava com que frequência? Tem algum “jeitinho” pra secar? 

Gosto dos cachos porque são práticos. Fora os cortes (a cada 2 meses aproximadamente) para tirar as pontas ressecadas, já que nos cabelos cacheados as pontas geralmente ressecam mais, e as lavagens dia sim, dia não, faço uma hidratação a cada 15 dias aproximadamente. Fora isso, não há nada de muito especial. Os meus cachos ficam mais bonitos quando secam naturalmente. Portanto, lavo bem os cabelos, tiro o excesso da água com uma toalha, passo um pouco de creme para pentear (mais do meio para as pontas) amassando os cabelos e deixo secar naturalmente. Esse é o melhor “jeitinho” para os meus cachos ficarem naturais, como eu gosto.

4-      Alguma dica especial ou um segredinho para compartilhar? 

Apenas uma dica às cacheadas: usem seus cachos! Fora isso, nada de especial! ;)

Ellen Paes é jornalista, trabalhou comigo numa emissora de TV em Natal e quando eu a conheci, muito tempo atrás, usava um cabelão liso enoooorme. Fiquei bem surpresa quando a reecontrei depois, com uns cachinhos bem lindos! A história dela já é diferente da história da Rayssa. Ela passou por muitos processos até fazer as pazes com os cachos, por isso o processo dela pode servir de inspiração para muitas meninas que estão tentando se livrar da progressiva. Força, meninas! Sigam o exemplo da Ellen! Ah, e hoje ela é repórter de TV no Rio de Janeiro e aparece de boa na telinha com o cabelo natural, toda linda. Muito legal essa quebra da imposição velada da escova às jornalistas de TV, coisa que não tem O MENOR cabimento.

1- Sempre usou o cabelo cacheado ou demorou para fazer as pazes com ele? Como foi esse processo?

A palavra é essa: processo. Sou negra (um pouco desbotada, ok! rs) e passei a vida vendo minha mãe, igualmente negra, alisando o cabelo, assim como minhas tias, primas e etc. Enfim, nossa cultura sempre foi eurocêntrica e o padrão de beleza sabido, até hoje, é o da mulher caucasiana, pele rosada, e cabelos lisos. Então eu fui submetida à química muito cedo na minha vida por insistência minha que sofria com os apelidinhos jocosos ao meu cabelo na escola.

Comecei a alisar com uns 11/12 anos mais ou menos. E mantive ele alisado até os 27, tendo passado por vários tipos de química diferentes – incluindo a escova definitiva, por último. Nos anos que mantive a definitiva, de início, eu gostava muito. Mas sabemos que depois de um tempo o resultado não permanece natural (porque não é!). E aí eu meio que fiquei escrava de escova, chapinhas e afins. Bem, porque estou contando isso? Porque eu sempre gostei de mudanças e a química não me permitia muitos cortes diferentes e mais modernos. Sentia que meu cabelo não combinava com a minha personalidade, mas não tinha coragem de assumir os cachos porque nem sabia como eles eram e tinha receio de ficar medonho.

Mas então veio a gravidez não planejada e eu já estava com aquela raiz por retocar. Foi aí que vi a oportunidade de me livrar daquela escravidão. E foi o que fiz. Parei de alisar, cortei ele na altura da nuca e o mantive na escova até quando deu para disfarçar a raiz natural. Depois que a minha filha nasceu, com uma raiz que já atingia um palmo mais ou menos e sem o menor tempo para escova (mal tinha tempo de tomar um banho mais longo!), então me rendi às tesouras. Cortei ele bem curtinho, pedi pra cabeleireira tirar todo o alisado. E então eu vi que tinha cachos, MUITOS cachos. Mas demorou pra eu aprender a lidar com eles, já que viviam oprimidos pelo secador e pela chapinha.

Fui aprendendo a cuidar e deixá-los livres pra tomarem forma. Hoje, quando quero mudar, faço uma escova pra sair da rotina (e a escova fica até mais bonita por ele estar virgem). Mas isso só acontece umas duas vezes por ano, em festas especiais como casamento. Esse ano ainda não fiz nenhuma, nem lembro disso. Além de não ter muito tempo (vida de mãe solteira que trabalha fora…), também desabituei. Curto bastante o visual formal com cabelos rebeldes. Até hoje, três anos depois de assumidos, usar meu cabelo assumidíssimo ainda é um redescobrimento diário e um alimento pra autoestima: a coisa de me amar exatamente pelo que sou – depois de tantos anos de vida.

2- Que produtos costuma usar?
Pois é. Nessa onda de “liberdade total”, eu acabei me descuidado um pouco da cabeleira. Eu costumava usar produtos da linha Absolut Repair da Loréal e cheguei a testar alguns leave-ins pra cachos super caros e recomendados por sites e outras pessoas, mas no fim, com o orçamento pesado pós-separação e toda uma demanda econômica que só uma criança de três anos numa cidade como o Rio de Janeiro pode proporcionar, eu acabei deixando o cabelo bem longe das prioridades financeiras. O que uso é o que se se encontra em qualquer farmácia ou supermercado e varia bastante. Dessas linhas mais populares gosto bastante da Pantene, incluindo o leave-in. Acho que o fato dele estar totalmente virgem também ajuda. E o bolso agradece.
 
3- Que cuidados especiais você tem com os cachos? Lava com que frequência? Tem algum “jeitinho” pra secar? 
Então, como falei, estou bem relapsa com meus cachos. Eu não faço uma hidratação num salão há quase um ano. Devo nesse meio tempo ter feito uma ou duas hidratações caseiras. Mas lavar, eu lavo pouco quando está frio. Como meu cabelo tem tendência a ressecar e cachos precisam de uma certa oleosidade pra ficarem bonitos, no frio, eu costumo lavar duas ou três vezes por semana. No verão não dá né? Eu lavo quase todo dia, mas não uso shampoo todo dia pra não tirar a oleosidade natural. Então eu molho, uso condicionador massageando-os da raiz às pontas e seco eles normalmente. Penteio usando leave-in e amassando até ficar em um formato que me agrada. Não demora muito, pois o que ajuda bastante o cabelo cacheado é o corte.
4- Alguma dica especial ou um segredinho para compartilhar?
Anotem aí: o segredo é o corte! Descobri que os cachos podem ser lindos, mas se o corte não for bacana, eles não ficam legais. E os melhores cortes são aqueles em camadas, repicados e/ou com pontas assimétricas. Resumindo: quanto menos careta for o corte do cacheado, mais bonito fica. E quanto mais inteirão, mais cafona. Isso porque os cachos não formam direito, ficando com aparência pesada. Penso que se é pra ter cachos, é pra dar liberdade pra eles. A natureza e beleza do cacheado é ser rebelde. Domadinhos demais eu não acho que ficam interessantes. Fica meio infantil, tipo apresentadora-mirim Maysa. Mas nada contra: há quem goste. No fim, o importante mesmo é o cabelo estar condizente com a sua personalidade e fazer você se sentir bem consigo mesma. E se é do jeito que ele nasceu, melhor ainda ;)
Elisa Elsie também é jornalista (só azamiga de profissão hahaha) e fotógrafa. O cachos dela me chamaram atenção desde a primeira vez que a vi. São aqueles cachinhos super naturais, que já transparecem que a pessoa tem uma boa relação com o cabelo. Tem cara de cabelo natural, que nunca foi maltratado por alisamento.

1- Sempre usou o cabelo cacheado ou demorou para fazer as pazes com ele? Como foi esse processo?

Sempre usei o cabelo cacheado, na verdade, nunca fiz nenhum tipo de tratamento, nem mesmo relaxamento. Tive uma transição na adolescência complicada, não tinha paciência com o cabelo e resolvi cortar bem curto para não ter nem de pentear. Isso durou uns cinco anos. O tempo passou e fui aprendendo a lidar cada vez melhor com meu cabelo.

2- Que produtos costuma usar?

Não uso nada muito específico, mas sempre tento comprar produtos para cabelos cacheados ou ressecados. Uso shampoo e condicionador de supermercado mesmo, geralmente Dove ou Pantene. No ultimo mês tenho usado creme de pentear com umas gotinhas de um óleo da Loreal com o cabelo ainda úmido e estou gostando do resultado. Uma vez por semana uso creme de tratamento, mas às vezes a correria da rotina me faz esquecer.

3- Que cuidados especiais você tem com os cachos? Lava com que frequência? Tem algum “jeitinho” pra secar? 

Tento cortar o cabelo a cada três meses e faço luzes duas vezes por ano lá em Nalva Melo. Meu cabelo é muito fino e evito descolorir com frequência. Lavo um dia sim e um dia não, mas preciso molhar todo dia para que os cachos fiquem soltos e bem formados. Uso bastante água para ter certeza que o creme de pentear saiu todo no banho. Quando quero mudar, faço escova em casa mesmo e às vezes coloco bobes, daqueles bem grandes, só para deixar os cachos mais abertos e escovo bem a franja.

4- Alguma dica especial ou um segredinho para compartilhar?

Para arrumar o cabelo nos dias de correria, passo creme de pentear somente nas pontas e seco com difusor a parte de trás, depois com a escova, seco a franja, uso chapinha e modelo novamente com a escova [só a franja]. Como geralmente faço o cabelo antes da maquiagem, prendo a franja com grampos grandes para o lado contrario do caimento e só solto só na hora de sair mesmo.

Gardênia Alves é modelo e tem um cabelo incrível, que faz a alegria de qualquer cabeleireiro. É longo, cacheado, tem balanço, tem volume… a moça é quase uma propaganda de xampú ambulante hahahaha. Sério, ela é a modelo mais linda com quem já trabalhei na minha época de produtora de moda. E grande parte da beleza dela vem desse cabelo incrível. Por isso Gardência também foi intimada a dividir os segredos desses cachos com a gente!

1- Sempre usou o cabelo cacheado ou demorou para fazer as pazes com ele? Como foi esse processo?

Sempre usei cacheado, minha mãe nunca me deixou alisar pois eu sou a única da família com cachinhos! Mas quando eu era pequena meu sonho era ser loira do cabelo liso para poder jogar ele de lado sem bagunçar hahaha, eu não gostava do meu cabelo até por que não sabia como usa-lo, achava que sem volume e molhado era o “arrumado” (quando vejo as fotos, aiinn). Mas foi o tempo que me mostrou que a “juba de leão” é o maior charme e que os meus cachos têm a ver também com a minha personalidade e agora quanto mais bagunçado, melhor!

2- Que produtos costuma usar?

Eu estou sempre provando novos produtos, mas o que estou usando atualmente é o da Redken, nunca tinha provado antes mas estou amando! Eu uso também Seda, Pantene, Éh e adoro usar os de produtos de criança – além do cheirinho acho que define os cachos!

3- Que cuidados especiais você tem com os cachos? Lava com que frequência? Tem algum “jeitinho” pra secar?

Eu lavo de dois em dois dias, e uso sempre um pente com os “dentes” largos e tento sempre desembaraçar de baixo para cima. Deixo ele secar naturalmente, mas quando preciso sair e quero que eles fiquem mais definidos uso o difusor.

4- Alguma dica especial ou um segredinho para compartilhar?

Meu segredinho para definir melhor é pentear no banho na hora que passo o condicionador eu aproveito para desembaraçar os fios e depois deixo eles secarem ao natural. Sempre dá certo!


E aí meninas, gostaram das dicas? ;)

Produtos de beleza que eu uso, indico e são super baratinhos =)

 

Dia desses, conversando com uma amiga, ela disse “ai me fala alguma produto de beleza legal pra eu comprar. Mas nada daquelas maquiagens caras que você gosta de comprar, porque eu não curto gastar muito com essas frescuras”. Hahahaha eu <3 as minhas amigas!

E aí eu fiquei pensando… Realmente, tem coisas dentro do universo de produtos de beleza que eu compro com frequência e são consideradas “caras” por outras pessoas. Da mesma forma que essa minha amiga compra coisas que eu acho caríssimas e não compraria.

Isso porque o consumo tem um direcionamento absolutamente pessoal. O que é vital para mim é supérfluo para o outro e vice-versa.

Mas a conversa acabou me levando a listar produtos de beleza que eu amo, venero e não vivo sem – e que ainda são bem baratinhos!

Tem produto para o cabelo, maquiagem, hidratante, sabonete… Tudo muito bom e que não pesa no orçamento ;)

1- AMEND HYDROUS INTENSY: Para quem tem cabelo cacheado, não existe leave-in melhor! (Quer dizer, até existe – é o creme para pentear da linha Absolut Repair da L’ Oreal, mas a diferença de resultado é pouca e a diferença de preço é abismal). Ele não pesa no cabelo, define os cachos, modela e pode ser usado também para arrumar o cabelo no day after. Custa em média R$ 18,00 e vale muito o investimento! Aplique com o cabelo molhado, seque amassando com uma toalha e espere os cachos lindos e definidos. Vai por mim, seus cachos vão ficar lindos!

2- BB CREAM L’OREAL: Comecei a usar faz umas duas semanas, depois de ler maravilhas sobre ele nas internerds. E, gente, é tudo isso mesmo! Uniformiza a pele, deixa sequinha, a cobertura é bem natural, nem parece que você está maquiada. (Vou fazer resenha com fotos aqui no blog depois). Perfeito para usar no dia a dia. E rende muuuuito. São R$ 29,00 muito bem gastos!

3- SHAMPOO JHONSON’S BABY: Não existe melhor demaquilante para os olhos! O shampoo “chega de lágrimas” faz parte da minha rotina de beleza e faz uma grande diferença. A gente NUNCA consegue tirar todo o rímel com demaquilante, sempre fica um restinho, por mais que você use o melhor – e mais caro – demaquilante do mundo. E quem é que faz o resto do trabalho? O bom e velho shampoo jhonson. Eu uso para lavar os cílios durante o banho. É rápido, prático, baratinho e funciona que é uma beleza. Ah e também uso antes do meu shampoo normal quando quero dar uma limpada mais profunda nos fios. É que esse tipo de shampoo translúcido é o único que limpa de verdade e abre caminho para o creme de hidratação agir direito. É muita coisa boa em só produto por R$ 6,80!

4- SABONETE GRANADO CALÊNDULA: Amo toda essa linha de calêndula da Granado! Esse sabonete em especial é um vício. Meu banho não é o mesmo sem ele. O cheirinho é uma delícia, a pele fica ótima e o precinho um amor. Os outros produtos da linha também são maravilhosos e as embalagens têm aquela carinha vintage linda, que só a Granado sabe fazer. Muito amor por R$ 2,45!

5- LENÇOS DE BEBÊ: Pra deixar do lado da cama e tirar pelo menos “o grosso”  da maquiagem naqueles dias de extrema preguiça. Não remove tudo, mas já ajuda. Melhor passar pelo menos um lecinho no rosto antes de dormir do que ir dormir maquiada, e para isso os lencinhos de bebê são super úteis.

6- BEPANTOL: Nada como dormir com os lábios cheios de Bepantol e acordar linda! Passe antes de dormir e, no dia seguinte, faça uma leve esfoliação com um cotonete molhado. É muito bom e mantém os seus lábios inteiros, mesmo durante o frio de rachar – literalmente – do inverno. Também tem a versão líquida do Bepantol que dá pra misturar no creme de hidratação ou borrifar nas pontas do cabelo depois da escova. Fica ótimo!

7- RÍMEL SUPER SHOCK: Meu rímel favorito no mundo! Melhor até que o famoso – e caro – Hypnôse da Lancôme. Isso porque o Super Shock deixa os cílios enormes e incríveis, mas não dá muito trabalho para remover – que é o grande problema  do primo rico Hypnôse. Super amo e recomendo!

8 – CREME NÍVEA: Acho que esse creme da latinha azul é o hidratante mais antigo do mundo hahaha. Uma amiga dermatologista me disse uma vez que continua sendo um ótimo hidratante e que a maioria desses cremes caros que vemos por aí têm todos a mesma fórmula. É um creme denso, não recomendo passar no rosto se você tem pele oleosa como a minha. Mas é uma beleza para áreas mais ressecadas como joelhos, cotovelos e pés. Basta uma aplicação e no dia seguinte você já vê o resultado. Eu amo passar esse creme nos pés e dormir com uma meia. No dia seguinte o pezinho tá uma seda!

 

E aí, curtiram meus baratinhos indispensáveis? Tem algum produto legal para indicar? Compartilha aí nos comentários! :)

Meus looks preferidos na Clarim!

Semana passada quando fui a Natal aproveitei pra passar na Clarim, ver as novidades fotografar as minhas peças preferidas. A loja é super parceira do blog e eu fiquei muito feliz em ver que tem coisas cada vez mais lindas na araras!

Pena que as peças que eu mais amei não vou poder usar nesse friozinho de começo de inverno aqui em São Paulo. Mas pra usar uma roupa linda a gente sempre dá um jeitinho de esperar, né? :)

Vamos começar logo com o pé na porta, com esse macaquinho fofo que foi meu look preferido!

Achei que ele ia me deixar mais gordinha por ser bem soltinho, mas veste super bem!

Modelagem bem boa também é a dos vestidos de cintura marcada e sainha rodada. Bem ladylike, como eu gosto…

Fiz esa pose “quero dançar quadrilha” pra vocês verem como a sainha é rodada. É um estilo meio 50′s, que eu adoro!

Morri de amores também (e estou usando quase todos os dias) a legging com estampa tribal…

Já tinha visto leggings nesse estilo em outras lojas, mas sempre achava cara. A da Clarim está por R$ 69,00! Imperdível!

E olha que lindo esse vestido com uma estampa que lembra o azulejo português… Super trend!

Também tem vários modelos de vestidos com uma modelagem mais justa, que marcam tooooodas as curvas. Eu prefiro não usar muito modelo assim nessa minha nova fase gordinha paulista hahahaha mas são bem bonitos.

E os macaquinhos – olha aí mais um na foto abaixo – são o meus amores eternos!

Outra coisa que eu amo na Clarim são os acessórios! Depois vou fazer um post só com os mais legais. Mas já adianto que tem vários colares e brincos lindos, daqueles gigantes tipo os da Karla – que eu AMO!

Se você gostou de algum modelo, pode correr lá na Clarim porque sempre vem poucas peças de cada. É bom garantir logo a sua ;)

As lojas ficam Av. Gustavo Guedes, Cidade Jardim, fone (84) 3207-6735; ou na Av. Senador Salgado Filho, Lagoa Nova, fone (84) 3302-6024.

 

 

 

Dia dos Namorados Clarim

Gente, a Clarim está em clima de Dia dos Namorados e cheia de peças lindas ♥

Desejei várias coisas dessa coleção!

Se você tem uma namorada, ainda não escolheu o presente dela e rola aquela insegurança “o que será que ela gostaria de ganhar?” Fica a dica: Ela sempre vai gostar de roupa, sapato e maquiagem.

Ok, tem as exceções (tem mesmo? será?) mas é absurdamente difícil que sua namorada odeie ganhar um desses presentes.

O bacana é que lá na Clarim você pode pedir ajuda para as vendedoras que elas vão super te orientar a escolher o presente perfeito.

E eu ajudo daqui, mostrando os looks que mais gostei. Vamos lá? ;)

Ah, e se você não tem namorado, compre um presentinho para você mesma e curta super linda a fase solteira.

Escolha um look lindo na Clarim e chame as amigas para ver as primeiras temporadas de Sex and The City tomando bons drink. É impossível não ser uma solteira feliz vendo Carrie e as amigas na melhor fase ;)